Blog

A black friday vem aí: saiba como se preparar para a data!
há 2 meses por Followize   -  Categorias: Vendas Online

A black friday vem aí: saiba como se preparar para a data!

Apesar de ser uma data originalmente norte-americana, já está mais do que comprovado que a Black Friday veio para ficar também no Brasil. Hoje, muitos brasileiros deixam de adquirir produtos e serviços durante o ano para aproveitar as condições que a última sexta-feira do mês pode trazer. O papel das empresas é se preparar para isso!

Vem aí uma das datas mais aguardadas pelas equipes comerciais, a Black Friday. Apesar de ser uma data originalmente norte-americana, desde a sua primeira edição no Brasil, no ano de 2010, lojas virtuais e físicas passaram a entender que vender mais na Black Friday não era exclusividade da Terra do Tio Sam. 

Por isso, desde então, empresas dos mais diferentes tamanhos e segmentos têm se preparado com o máximo de antecedência por meio do planejamento de ações, concessão de descontos e teste de novas abordagens para atender as expectativas dos consumidores, ávidos pela oportunidade de adquirir aquele produto ou serviço que tanto precisam, por um precinho mais baixo.

Levantamentos mostram que em 2018, comércios eletrônicos tiveram um crescimento de 23% nas vendas durante a Black Friday em comparação ao ano anterior, segundo consultoria de e-commerce brasileiro Ebit|Nielsen. Isso representa uma movimentação de R$2,6 bilhão em vendas contra R$2,1 bilhão no mesmo período no ano de 2017. 

Sabendo disso, é importante saber aproveitar muito bem a Black Friday não só alavancar as vendas, como também ampliar as oportunidades de negócio que podem ser geradas futuramente, mesmo após a data. Para isso, basta ter atenção a alguns pontos que garantem uma estratégia eficaz. 

Veja a seguir algumas dicas simples e cuidados não tão óbvios que podem ser fundamentais para o sucesso da Black Friday nas suas vendas

 

Seja honesto com os seus clientes

Gatilhos mentais e outras técnicas de persuasão certamente têm sua importância, mas não os confunda com desonestidade. Se o produto nunca custou o triplo do preço, não diga que ele está de R$150 por R$50. Afinal, sempre existe a chance do seu cliente descobrir que a informação não é verdadeira e deixar de acreditar em você.

Portanto, a primeira dica é: seja honesto com os seus clientes. Se não for possível oferecer desconto para todos os produtos e serviços oferecidos pela sua empresa, melhor do que forjar promoções é apostar em uma única promoção, desde que seja muito boa. 

Outra dica é que a promoção não precisa ser necessariamente um desconto, pode ser uma forma de pagamento ou a isenção de alguma taxa, como taxa de matrícula, de frete, entre outras. Converse com os seus clientes e tente entender o que eles procuram, certamente isso irá lhe ajudar a obter um bom insight e vender mais na Black Friday.

 

Experimente negociar com os fornecedores

Se o seu negócio consiste em um comércio virtual de produtos, é hora de apelar para as técnicas de persuasão e negociar margem com o fornecedor. Faça uma proposta que garanta que mesmo oferecendo descontos de Black Friday, a sua margem de lucro não sofra nenhum prejuízo.

 

Prepare-se para o aumento no número de acessos

Já imaginou correr o risco de passar por instabilidade no site devido ao número de acessos? Isso é algo que não pode acontecer. 

Além de deixar os seus clientes e prospects irritados, pois ninguém gosta de acessar um site e não conseguir sequer navegar por ele. A sua empresa pode perder vendas e a Black Friday acabar sendo um grande fiasco.

A dica para evitar esse tipo de problema é contatar o servidor e verificar se existe a possibilidade de aumentar o limite de acessos durante a semana da sexta-feira e informar o número de acessos estimados para o período. Assim, a empresa poderá tomar as medidas necessárias de infraestrutura para manter tudo no mais perfeito funcionamento.

 

Invista em anúncios pagos

É preciso divulgar as ofertas e condições de pagamento especiais preparadas para a Black Friday. Para isso, aposte em anúncios pagos no Google, redes sociais ou nos canais que mais estiverem de acordo com o seu público alvo. Não esqueça também de nutrir a sua base de leads de forma antecipada a respeito da data. 

Lembre-se sempre: o que não é visto, não será lembrado.

 

Mantenha a qualidade de atendimento na lista de prioridades

Não dá para negar que o preço baixo e a maior possibilidade de negociação estão entre os principais chamarizes da sua empresa durante a Black Friday. No entanto, é fundamental que a preocupação com o atendimento não seja deixada de lado. Afinal, ainda que a venda não aconteça durante a sexta-feira em questão, um lead bem atendido hoje pode se tornar um dos seus melhores clientes de amanhã. 

Por isso, prepare o time de atendentes e defina diferentes escalas de forma que sempre haja alguém disponível, independentemente do horário em que o público entre em contato.

Além disso, lembre-se que como a tendência é que o volume de leads aumente no período, maiores as chances também de um atendimento ruim gerar reclamações em sites como o Reclame Aqui e até o Procon, o que não é nada bom para a imagem digital da empresa. 

Se for preciso, invista também em softwares que ajudem a tornar o atendimento mais dinâmico, como os chats de atendimento. Esses recursos têm como principal finalidade fazer a abordagem inicial dos clientes em potencial e, conforme o atendimento caminha, o próprio software distribui para um dos atendentes humanos por meio da integração com a ferramenta de Gestão de Leads

Alguns dos chats de atendimento mais conhecidos são: Jivochat, Zendesk, Omnize, ASC Brazil e Flychats.

 

Aproveite para fechar as vendas que estão no "quase"

A Black Friday é mais do que a oportunidade de aumentar as vendas dos seus produtos e serviços, é também a chance perfeita para tentar converter aqueles leads que estão no "quase" mas ainda não converteram.
 
Todo mundo tem aquele lead quente que, por algum motivo, não converteu por muito pouco, mas que com um empurrãozinho pode se tornar um novo cliente. Portanto, essa é a hora de oferecer um cupom promocional, a isenção de alguma taxa, uma melhor forma de pagamento, entre outros argumentos atrativos que não puderam ser oferecidos antes.

Para garantir maior efetividade no fechamento do negócio, dê início a abordagem antes da Black Friday. O ideal é que esse contato seja retomado com antecedência para que tenha tempo de pensar e se preparar para a conversão. Afinal, nem sempre é bom ser pego de surpresa, não é mesmo?!

 

Conduza os novos leads para uma nutrição adequada

O lead não converteu? Faz parte. O importante é ter sabedoria para filtrar essa lista e não desperdiçar os contatos que podem se tornar clientes no futuro. Para isso, novamente, é importante contar com uma boa ferramenta de Gestão de Leads para manter esse lead nutrido. A dica também vale para os leads que converteram!

Números indicam que 40% dos clientes que compraram na Black Friday voltam a fechar negócio em outras oportunidades. Por isso, o papel das empresas é garantir que os clientes lembrem-se da boa experiência que tiveram no passado e voltem sempre.
 
Sabendo de todas essas dicas, o próximo passo é colocar os planos em ação. Ainda não possui uma ferramenta de Gestão de Leads? Aproveite para solicitar uma demonstração e não deixe de vender mais na Black Friday! 

Solicitar Demonstração

 

Veja também:

 

Comentários

Ficou interessado?

Converse com um de nossos consultores, tire suas dúvidas e conheça todas as vantagens do Followize.

Solicitar Demonstração